terça-feira, 18 de abril de 2017

Juras

Jurei te pertencer por toda vida
Guardar a sete chaves o nosso amor
A chave era só uma e foi perdida
O fogo era de palha e se acabou

Jurei não mais amar outra pessoa
Pra nunca mais chorar como chorei
Mas vi que amar é coisa muito boa
E assim mais uma vez me apaixonei

Eu tenho um coração muito indeciso
E juro pra depois voltar atrás
Agora vou fazer o que é preciso
Eu juro que não juro nunca mais

(Rosa Passos)


Construímos esse grande amor

Eu e Você

Mayra

Eu amei, me entreguei
Sem pensar no depois
Em seus braços de repente renasce
A semente desse amor
Penetrou dentro de mim
Um momento inesquecível pra nós dois
Eu, você, nós
Construímos esse grande amor
Sem limites ou barreiras
Só verdade entre nós
Sem você tudo é tristeza
Sem você não sou ninguém
Eu fui sua por amor, com amor
De manhã sinto saudade desse amor
Loucura em minha vida
Quero ter você de novo e ser feliz
Eu, você, nós
Eu fui sua por amor
Que vontade de te ver
Eu, você, nós
De manhã sinto saudade desse amor
Loucura em minha vida
Quero ter você de novo e ser feliz
Feliz
Feliz
Feliz

Um novo planeta no sistema solar?

Segundo os cientistas do Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech, na sigla em inglês), há “boas evidências” da existência de um “Planeta Nove” no sistema solar.

De acordo com os pesquisadores, que anunciaram a hipótese para sua existência em janeiro de 2016, esse novo planeta teria uma massa de cerca de 10 vezes a da Terra (e 5.000 vezes a de Plutão) e levaria entre 10.000 e 20.000 anos para dar uma volta completa em torno do Sol.

Sua localização estaria 20 vezes mais longe que Netuno, o oitavo planeta no sistema solar. Já da Terra, o Planeta Nove pode estar de 32 bilhões a 160 bilhões de quilômetros de distância.

Por ser, possivelmente, o planeta mais distante do Sol, ele planeta jamais foi visto por qualquer telescópio - a possibilidade de sua existência foi feita com base em cálculos matemáticos e modelagem computadorizada. O novo membro do sistema solar também pode ser responsável por um fenômeno que, até o momento, era um mistério espacial: a inclinação de seis graus do sistema solar.

Em linhas gerais, os oito planetas orbitam o Sol como se estivessem em um mesmo plano. Esse plano, contudo, é inclinado em relação ao Sol. Se pudéssemos ver de fora, a impressão seria de que a estrela (e não o plano) estivesse inclinada. De acordo com os pesquisadores, a existência do Planeta Nove seria uma razão plausível para a inclinação - e mais uma evidência de sua provável existência.

sábado, 15 de abril de 2017

Pulmão artificial para entender ventilação pulmonar


Um copo de sol!


O rei não perde a mão! CHEGASTE

Tanto tempo já vai caminhando
E ainda me pego recordando
Lágrimas rolaram dos meus olhos
Enxuguei mais de uma vez
Tenho algumas marcas
Que ficaram em meu sorriso nesses anos
E também lembranças tão bonitas que o tempo não desfez

Quem diria que você viria sem dizer que vinha
Porque nunca é tarde
Para apaixonar-se

Chegaste
Senti na minha boca um te quero
Como um doce com caramelo
Necessitava um amor sincero
Chegaste
E ouvi da tua boca um te quero
Pra se apaixonar sempre é tempo
Necessitava um amor sincero

E agora que eu conheço os caminhos
Que me levam pros seus braços
Agora que o silencio
É uma carícia que a felicidade traz
Você e o seu sorriso iluminam minha vida e meus espaços
E chega me dizendo num sorriso
Não me deixe nunca mais

Quem diria que você viria sem dizer que vinha
Porque nunca é tarde
Para apaixonar-se

Chegaste
Senti na minha boca um te quero
Como um doce com caramelo
Necessitava um amor sincero
Chegaste
E ouvi da tua boca um te quero
Pra se apaixonar sempre é tempo
Necessitava um amor sincero

Quem diria que voce viria sem dizer que vinha
Porque nunca é tarde
Para apaixonar-se

Chegaste
Senti na minha boca um te quero
Como um doce com caramelo
Necessitava um amor sincero
Chegaste
E ouvi da tua boca um te quero
Pra se apaixonar sempre é tempo
Necessitava um amor um amor

Chegaste
Senti na minha boca um te quero
Como um doce com caramelo
Necessitava um amor sincero

E é amar-te assim perdidamente...

"PERDIDAMENTE" Florbela Espanca

 

 















Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
Do que os homens! Morder como quem beija!
É ser mendigo e dar como quem seja
Rei do Reino de Áquem e de Além Dor!

É ter de mil desejos o esplendor
E não saber sequer que se deseja!
É ter cá dentro um astro que flameja,
É ter garras e asas de condor!

É ter fome, é ter sede de Infinito!
Por elmo, as manhãs de oiro e de cetim...
É condensar o mundo num só grito!

E é amar-te, assim, perdidamente...
É seres alma, e sangue, e vida em mim
E dizê-lo cantando a toda a gente!


 

Juras

Jurei te pertencer por toda vida Guardar a sete chaves o nosso amor A chave era só uma e foi perdida O fogo era de palha e se acabou Ju...